Exibição das Metas do Aluno e tipos de ordenação do cronograma

Você está aqui:

Entenda como você pode exibir o cronograma de diferentes formas ao aluno

Após um cronograma ser montado, existe outro aspecto também muito importante que diz respeito a como as atividades do cronograma são exibidas para seus alunos. Em linhas gerais, essas atividades são exibidas na forma de metas, disponíveis no painel do aluno nos menus de metas diárias e também no resumo da semana, que apresenta um panorama.

Nesse cenário, existem duas formas para você exibir suas metas a seus alunos, formas estas chamadas de “Ordenação”. Essa forma de ordenação é feita no menu de preferências da conta. Basta clicar no nome da sua conta, no painel do Administrador e, em seguida, escolher a opção “Preferências da Conta”. Após acessar a página, basta deslizar até o item chamado “Tipo de exibição das atividades do aluno”, conforme print abaixo:

É fundamental ter em mente que essa é uma configuração em nível da sua conta, portanto só pode ser feita por administradores da conta. Além disso, ela afeta todos os seus alunos, já que é uma mudança feita direto nas configurações de ambiente.

Prosseguindo, em linhas gerais, você pode optar por duas ordenações, a didática (padrão) e a natural.

Ordenação Didática

Quando um cronograma é feito pelo recálculo, as metas podem ficar um pouco misturadas. Por exemplo, no dia de hoje, pode ter sido inserida uma revisão referente a um assunto de 30 dias atrás. Em seguida o exercício de outro assunto visto há 15 dias, em seguida o resumo de um assunto visto ontem e, por fim, os estudos previstos para hoje. Além disso, a ordem em que essas metas são inseridas são decorrentes do ciclo de matérias que está sendo aplicado no cronograma de um aluno, podendo haver casos em que a mesma matéria é inserida duas vezes no mesmo dia, por exemplo, quando o aluno tem 6 horas de estudo e só vê duas matérias por vez, podendo ocorrer de a primeira matéria ser inserida 2 vezes neste dia (2 horas + 2 horas) e a segunda matéria apenas 1 vez (2 horas).

Para facilitar o entendimento do aluno, na hora de mostrar as atividades do seu cronograma, a Tutory aplica automaticamente uma ordenação nessas metas. Por isso, essa ordenação é chamada de didática, visando facilitar a rotina do aluno. Em linhas gerais, essa organização parte do seguinte princípio:

  • Em primeiro lugar, ordenamos as modalidades de estudo:
    • Resumo no topo da página;
    • Revisões em segundo lugar; e
    • Exercícios em terceiro lugar.
  • Após essa ordenação por modalidade, fazemos também a ordenação por disciplina.

Isso significa que as metas são organizadas antes de serem exibidas ao aluno.

Ordenação Natural

Embora a ordenação didática seja o padrão das contas, é possível alterar para a ordenação natural, que reflete exatamente o modo como o cronograma foi feito. Em algumas situações, você pode não querer exibir as metas do aluno da forma didática, por exemplo, quando você não quer apresentar metas seguidas de uma mesma disciplina para seus alunos.

Nesses casos, você pode ativar a ordenação natural, que exibe fielmente o que está no cronograma do aluno. Além disso, ela pode ser útil nos casos em que você utilizar alguma atividade como resumo e revisão no mesmo dia (no caso de desativar o ajuste automático de resumos, revisões e exercícios), pois, nessa situação, não seria adequado exibir exercícios antes dos estudos referentes ao mesmo tópico.

Exemplo na Prática

Abaixo, exibimos o exemplo de uma tela do resumo da semana de um aluno, comparando a ordenação natural com a ordenação didática.

A ordenação didática age sobretudo na modalidade de estudo. Podemos ver que a atividade de resumo / mapa mental (laranja) sempre ficará no topo da página, sendo seguida das atividades de revisão (roxo), pelas de exercício (verde) e, por fim, pelas atividades azuis, referentes aos estudos.

Entretanto, quando ativamos a ordenação natural, vemos que ocorrem situações em que existem exercícios em meio a revisões e vice-versa. Isso ocorre porque a ordenação natural exibe as metas de acordo com o momento em que elas foram inseridas.

Para entender melhor esse ponto, é importante ter em mente que, sempre que os estudos de um assunto são inseridos por completo no cronograma, eles acionam um fluxo paralelo de programação de revisões e exercícios, a contar da data em que o assunto a ser estudado terminou de ser inserido. Em outras palavras, um exercício referente a um assunto estudado 30 dias atrás, é inserido antes de uma revisão referente a uma atividade finalizada ontem.

Sumário