Quer ser concursado no DF? Oportunidade não falta!

O ano de 2020 deve ser de grandes oportunidades para quem deseja trabalhar no funcionalismo público no Distrito Federal. Ainda estamos no primeiro mês do ano, mas a oferta de editais já é de encher os olhos.

Há vagas abertas para diferentes carreiras e importantes editais estão confirmados para os próximos meses. Confira abaixo os detalhes das principais seleções abertas e previstas para 2020 e inicie agora mesmo a sua preparação.

Polícia Civil do Distrito Federal (PC-DF)

Estão abertas as inscrições para o certame da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), com 300 oportunidades para escrivão. Os interessados podem se inscrever na seleção até o dia 10 de fevereiro 2020, pelo site do Cebraspe, organizadora do concurso. A inscrição custa R$ 199,00. A prova objetiva está prevista para o dia 15 de março de 2020.

A corporação irá lançar, ainda neste início de 2020, um segundo edital, com 1.800 vagas para agente. Neste processo, serão 600 vagas de preenchimento imediato e 1.200 de cadastro reserva.

Com isso, os candidatos poderão concorrer simultaneamente nos dois processos seletivos, já que as datas das provas não irão coincidir.

Procuradoria-Geral do Distrito Federal (PG-DF)

Também na capital federal, foi lançado o concurso da Procuradoria-Geral do Distrito Federal (PGDF). A seleção oferta 100 vagas imediatas para Técnico Jurídico e Analista Jurídico, em diferentes especialidades.

Organizado pelo Cebraspe, o certame receberá inscrições entre 3 a 20 de fevereiro de 2020. Os interessados deverão desembolsar taxa de R$54,00 para concorrer ao posto de Técnico e R$78,00 para participar da seleção de Analista.

Agência Reguladora de águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa)

Outra grande oportunidade no DF é o concurso da Adasa. O Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES) já foi escolhido para organizar o certame cujo edital deve ser lançado até março deste ano.

A seleção terá oferta de 18 vagas imediatas para Regulador de Serviços Públicos, de nível superior, mais 36 de cadastro de reserva; e de 7 postos imediatos para Técnico de Regulação de Serviços Públicos, de nível médio, com mais 14 vagas de cadastro.

Defensoria Pública do Distrito Federal (DP-DF)

A autorização para a Defensoria Pública do DF realizar novo certame foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal no último dia 21. O documento prevê vagas para ingresso no cargo de Analista de Apoio à Assistência Judiciária.

Essas oportunidades, 60 no total, estão contempladas na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020. Além das vagas imediatas, o concurso também formará cadastro reserva.

A última seleção da DP-DF ocorreu em 2014, tendo sido organizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). O concurso trouxe, à época, 15 vagas imediatas e 45 vagas para formação de cadastro de reserva para o posto de Analista de Apoio à Assistência Judiciária – Área Judiciária (bacharel em Direito).

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT)

Com mais de 400 cargos vagos e sem concurso vigente, o TJDFT deve abrir novo certame em breve. A Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020, publicada no dia 20 de janeiro, trouxe previsão orçamentária para provimento de 128 cargos no órgão. Estes cargos só poderão ser preenchidos com a realização de novo concurso público.

As seleções do TJDFT são sempre muito aguardadas pelo seu bom histórico de nomeações e pelos excelentes salários. A remuneração de um analista judiciário da casa é de R$ 12.455,30, sendo o vencimento básico de R$ 5.189,71 e R$ 7.265,59 correspondente à Gratificação por Atividade Judiciária.No caso do técnico judiciário, a remuneração fica em R$ 7.591,39, sendo R$ 3.163,07 o vencimento básico e R$ 4.428,29 a Gratificação por Atividade Judiciária.

O último concurso promovido pelo tribunal foi organizado pelo Cebraspe, então Cespe, em 2015. Foram 80 vagas ofertadas, em diversas especialidades, mas as nomeações excederam – e muito – esse quantitativo, valendo-se do cadastro reserva.

Deixe um comentário